Transferência de Embriões congelados

A transferência de embriões congelados é concluída após 3 etapas, sendo elas:

Preparo endometrial: Realizado com hormônios no início do clico menstrual tendo como 
objetivo do endométrio atinja pelo menos 7mm de espessura e fique no padrão trilaminar.

Descongelamento do embrião: Realizado no dia da transferência e consequentemente 
sabendo a qualidade do embrião.

240_F_187955622_sO8nAvEwPXDgIwvyX0VFv8CX

Transferência embrionária: A paciente fica em posição ginecológica especificamente de bexiga cheia para facilitar a passagem do cateter pelo colo do útero. Localizado dentro do cateter o embrião deve ser depositado delicadamente dentro da cavidade uterína. Após esse processo a paciente fica 10 minutos deitada e em seguida repouso durante 2 dias. Por fim, após 9 a 11 dias deve ser feito o teste de gravidez.

Visando preservar a saúde tanto da paciente quanto a do bebê, a transferência embrionária propõe maior chance se obter êxito no processo. Além disso, o processo traz vantagens como: diminuição nas taxas de aborto, menor chance de sangramento na gestação e menor risco de partos prematuros.

© FERTVIDA PRIME - 2020